sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Willys CJ3A primeiras séries

        O Jeep Willys CJ3A esteve em produção durante cinco anos, de 1949 a 1953 (embora o primeiro ficou pronto em 23/12/1948, como modelo 1949) e foram produzidos cerca de  130.000 unidades desse modelo. A unidade das fotos é do primeiro ano de produção e foi caprichosamente restaurado no Rio Grande do Sul procurando seguir os padrões originais. Foi pintado numa configuração bem "civil agrícola", nas cores vermelho e Potomac Gray, ou Cinza Potomac (Código DQE-30604-DAL), constante no catálogo da Willys Overland em 1948-49. O CJ3A distingue-se do seu irmão anterior, CJ2A , principalmente pelo quadro do parabrisas, que passou a ser mais reforçado, com parabrisas único e entrada de ar abaixo do vidro e a ausência dos suportes de machado na lateral esquerda. Ou seja, o Jeep civil ficava cada vez mais diferente do modelo militar que o originou, o MB. 
Nos primeiros modelos de CJ3A o quadro de parabrisas era pintado com a mesma cor da carroceria, enquanto a partir de meados de 1952 passou a vir na cor preta em sua maioria.
Interior também impecável e praticamente no padrão original. O marcador de pressão e temperatura do óleo não está correto para o ano modelo, pois é do tipo alavanca e não dial (como ponteiros de relógios) como o original. Os modelos  com marcador tipo alavanca foram introduzidos no ano modelo 1950 a partir de número de série 43.699.



    O  botão da buzina dentro da porca de volante é original da época, pois só mudou para a cobertura de borracha sobre a porca aproximadamente ao final de 1950 . Isto foi feito para torná-lo mais à prova d'água. As listas de livros 1945-49 indicam que a mudança partiu do número de série do veículo (CJ-3A) 57215.
 

    Motor Go Devil L-Head134 (2.2 L) 4 cilindros, 60 hp. , com o filtro de ar Oakes original. A partir do número de série 62692 foi adotada a marca Donaldson, com a parte superior menos plana e mais arredondada. O radiador, pelo número de série do veículo da foto, já vinha parafusado nas laterais da grade externa, pois nos modelos anteriores, de número de série inferior a CJ-3A 31374 e nos CJ2A, a parte inferior era parafusada na travessa do quadro da grade.

      Um erro comum é pintar esses motores de vermelho, como ocorre aqui. A cor original era o preto (Preto ou o Verde Olive Drab para os Jeep Militares) , embora para publicidade podia ser visto em vermelho (mas totalmente, sem distinção de peças). O mesmo erro ocorre com os motores Hurricane 4 cil que equipavam os CJ3B e CJ-5( americanos e os montados no Brasil até 1958). Só que no caso dos Hurricane a cor variava de preto, verde claro ou azul conforme a compressão. Talvez pelo fato da cor vermelha ser o selante padrão antes da cor de acabamento, e por isso é a que acaba "sobrando" após vários anos e o pessoal acredita ser a cor de final. Vermelho mesmo eram os BF-161 6 cilindros quando instalados no Jeep e Rural/Pick-up nacionais.
Nos primeiros modelos da série CJ3 equipados com o motor Go Devil , a flange era do tipo pequena.
                                                    

     No início da produção o novo modelo vinha com uma plaqueta "de corpo" logo abaixo da plaqueta do número de série, sendo eliminada a partir de 1950. Isso talvez deveu-se ao fato de que em 1949 as carrocerias (body) passaram a ser produzidas pela Willys ao invés das anteriores, produzidas pela American Manufacturing Central. De 1949 a 1951, a plaqueta de série vinha com as iniciais CJ3A antecedendo os dígitos.
 Sistema de ar-quente Harrison deu um charme especial a esta unidade. Eu vi pessoalmente, e funcionando!
Transmissão T-90 Borg-Warner, 3 velocidades, com caixa de transferência Dana 18. Eixo dianteiro com diferencial Dana 25 e traseiro Dana 41 ou 44.
Que belo Jeep não?


2 comentários:

  1. Belo Jeep e belíssima descrição! Parabéns Alisson pelo conhecimento, empenho e pesquisa constante! Boas festas para você e família!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigo, por continuar visitando o blog e pelos votos de Boas Festas!Desejo o mesmo a você!
    Um jeepabraço!

    ResponderExcluir

 
Site Meter